Offline Renault Captur 1.3 turbo anda muito bem, mas peca no acabamento - RH Módulos
Tempo de Processamento de Arquivos: 40min
 Renault Captur 1.3 turbo anda muito bem, mas peca no acabamento

Renault Captur 1.3 turbo anda muito bem, mas peca no acabamento

Linha 2022 ganhou alterações visuais e de equipamentos, além de adotar o eficiente motor 1.3 TCe, turboflex de até 170 cv

A linha 2022 do Renault Captur chega ao mercado brasileiro com uma aguardada novidade: finalmente ele passa a ter motorização turbo, a mesma que já equipa modelos da Mercedes-Benz. Mais do que isso, o SUV também passou por uma leve mudança visual e ganhou novos equipamentos.

O SUV renovado já está à venda com preços que vão de R$ 124.490 a R$ 138.490, como é o caso da versão topo de linha Iconic, testada por QUATRO RODAS. Será que atualizações darão mais fôlego às vendas do Captur?

Por fora, as alterações visuais foram discretas e ficam concentradas na dianteira. Para-choque e grade são completamente novos, mas o farol só muda na versão mais cara, que adota iluminação em LED

e um novo arranjo interno. Nas demais, as peças são as mesmas do modelo antigo.

De lado, as rodas também são novas – ou quase isso, já que são emprestadas do “irmão” menor, o Duster. A parte com

menos alterações é a traseira, que adiciona apenas o logo TCe na parte inferior direita da tampa do porta-malas para identificar a presença do motor turbinado.

Veja toda a matéria em Quatro Rodas!

Fonte:

Vídeo: Renault Captur 1.3 turbo anda muito bem, mas peca no acabamento | Quatro Rodas (abril.com.br)

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.